Quais documentos são necessários em caso de sinistro?

Seguro é o tipo de despesa que ninguém quer ter, mas pouquíssimos ousam abrir mão de incluí-lo no orçamento. Isso porque, diante da necessidade de precisar do sinistro, o benefício pode ajudar a amenizar a dor de cabeça.

Ainda assim, é quando um sinistro ocorre (que significa, no mercado de seguros, qualquer evento em que o bem segurado se envolve em um acidente ou incidente com prejuízo material) que o segurado precisa se mexer para apresentar alguns documentos exigidos pela sua seguradora. Só assim que o trâmite irá ter início para que a devida indenização ocorra.

É válido o segurado ter ciência que essa etapa, embora burocrática, é fundamental para que o processo seja o mais ágil e preciso. A matemática é simples: quanto mais rápido os documentos forem coletados e entregues, mais rápida ocorrerá a indenização e a vida continuará para todos os envolvidos no sinistro seguro.

Documentos solicitados em caso de sinistro

Cada seguradora possui um processo particular e que deve ser seguido à risca, uma vez que é com ela que o proprietário do veículo, e envolvido no sinistro seguro, tem acordo em contrato. O mais recomendável é que, assim que ocorrer o incidente, o segurado logo entre em contato com a sua seguradora para se informar sobre a situação e, também, a relação de documentos exigidos por parte da empresa.

Mas existem alguns documentos que são habituais e comuns às seguradores. Lembrando que a lista a seguir é válida para consulta, exclusivamente, devendo o segurado entrar em contato com a sua seguradora para confirmar exatamente quais os documentos solicitados. Segue, abaixo, a lista:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Carteira de habilitação;
  • Documento do carro do segurado;
  • Boletim de Ocorrência;
  • Documento de compra e venda preenchido (com firma reconhecida – caso seja financiado, é necessário que dê baixa no financiamento);
  • Documento de porte obrigatório do veículo.

Fique de olho nos documentários necessários para dar entrada no sinistro seguro quando for preciso.

Como agir em caso de sinistro seguro?

Veja como agir em caso de sinistro seguro, com os mais comuns:

 

– Furto e roubo

Assim que sofrer furto/roubo, entre em contato com a sua seguradora informando-a sobre o ocorrido. Não se esqueça do Boletim de Ocorrência, pois a seguradora irá analisar o caso, junto com a polícia. Siga o passo a passo que a sua seguradora passar, entregando todos os documentos necessários à ela.

– Colisão

Após o ocorrido, entre em contato com a seguradora para que ela indique a oficina para levar seu carro. Não se esqueça de verificar se você possui cobertura de assistência 24 horas antes. Porém, se a colisão envolver terceiros, você terá que registrar um Boletim de Ocorrência.

Saiba que a seguradora irá ouvir os envolvidos na colisão e os veículos serão analisados e fotografados. Então, a seguradora irá solicitar a documentação necessária para você, principalmente se houver perda total. Após a análise, ela irá autorizar ou não o conserto dos veículos envolvidos na colisão.

– Incêndio

Mesmo que seja um pequeno estrago, você deve comunicar a sua seguradora para saber quais os documentos necessários para enviar. Então, você será indicado a uma determinada oficina para uma vistoria, conforme o seu contrato, para então receber a indenização que contratou.

– Enchente

Se o seu carro ficou no meio de uma enchente e você quer acionar o seu seguro, terá que entrar em contato com a seguradora para agendar uma vistoria. Conforme a sua cobertura, seu carro será vistoriado em uma oficina que a seguradora ou você indicar, conforme a sua contratação. Então, a seguradora irá liberar a indenização correspondente.

Esses estão na lista de sinistro seguro mais comuns e agora você já sabe como proceder, não é mesmo?

Fonte: Seguro Auto

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *